Informativo Esquematizado do STJ

Clique na imagem para ver todos os Informativos Esquematizados do STJ

Informativo esquematizado do STJ Informativo esquematizado do STJ

Informativo Esquematizado do STF

Clique na imagem para ver todos os Informativos Esquematizados do STF

Informativo esquematizado do STF Informativo esquematizado do STF

Novidades Legislativas

Clique na imagem para ver as últimas novidades legislativas

Informativo esquematizado do STF Informativo esquematizado do STF

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Radares de fiscalização de velocidade não precisam ser identificados por placas



Não é mais obrigatória a fixação de placas avisando a existência de radares fixos e móveis. 

Desde 2006, todo e qualquer radar deveria ser precedido de uma placa informando que havia o radar e seu limite máximo de velocidade.

Ocorre que entrou em vigor no dia 22/12/2011 uma nova resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) dispensando essa exigência. 

Apesar de não mais ser obrigatória a existência de placas informando sobre os radares, os equipamentos de fiscalização não podem ficar escondidos.

O Contran afirma que a mudança ocorreu com o objetivo de reduzir o número de acidentes considerando que muitos motoristas estariam se aproveitando do aviso dos radares para ultrapassar a velocidade máxima permitida em pontos da via onde não havia tal equipamento.

Print Friendly and PDF